Linguagem de Programação GO

Hoje, algumas pessoas no twitter e até mesmo aqui na UFABC me mandaram um link: http://golang.org/. Parece que é uma linguagem desenvolvida pelo Google, para procedimentos internos, sejam lá quais eles forem.

Resolvi dar uma olhada no site, nos exemplos, para ver o que há de novo. Primeiramente, o típico “Hello World” em Go:

package main
import "fmt"

func main() {
  fmt.Printf("Hello, world\n")
}

Minha primeira impressão foi: meu Deus, reinventaram o Java! Sintaxe C/C++, construções estranhas (fmt.Printf?). Mas fica pior:

func nextInt(b []byte, pos int) (value, nextPos int)
func ReadFull(r Reader, buf []byte) (n int, err os.Error)

Percebem? Uma função chama-se nextInt, a outra ReadFull. Me lembra do PHP e suas funções sem padronização de nomes… e a sintaxe?
(more…)

Programação Procedural em Java

Ok, o título parece estranho, mas é algo que me preocupa: Afinal, POR QUE as pessoas confundem tanto desenvolvimento orientado a objeto com procedural? Recentemente eu fiz uma integração do Jasper com Ruby (projeto Jasper on Rails, no meu github) e me vi tendo que usar a API do Jasper. É mais ou menos assim (em JRuby):

  modelo = "#{DIR}/arquivo.jasper"
  dados = File.read("#{DIR}/dados.xml")
  str_reader = java.io.StringReader.new(dados)
  input_source = org.xml.sax.InputSource.new(str_reader)
  documento = JRXmlUtils.parse(input_source)

  params = {
    JRXPathQueryExecuterFactory::PARAMETER_XML_DATA_DOCUMENT => documento
  }
  fill = JasperFillManager.fill_report(modelo, params)
  pdf = JasperExportManager.export_report_to_pdf(fill)
  return String.from_java_bytes(pdf)

(more…)

Jasper on Rails

Esses dias comecei a estudar como integrar algum sistema de relatório ao Rails. O problema principal é que nenhum sistema de relatórios possui editor visual (para Layout, essas coisas fazem uma diferença…). Felizmente, existe o Jasper, com o iReport que é um editor visual. O problema é que ele é Read more…

Validações via Javascript

Esses dias, vi na lista de Ruby on Rails um plugin chamado LiveValidations. Basicamente ele converte algumas validações do Ruby para Javascript. O problema que tive, até o momento, é que ele não segue as regras I18n do Rails, mas obedece o parâmetro :message das validações. talvez eu o utilize Read more…

DataMapper versus ActiveRecord

Outro dia, tive um problema chatíssimo com o ActiveRecord: eu precisava criar um código de autenticidade, que conteria várias matrículas, que conteria várias disciplinas. O problema é o seguinte: Essas matrículas só seriam válidas se, por exemplo, o total de créditos das disciplinas não ultrapassassem um determinado número. Logo, resolvi fazer a validação no modelo de autenticidade, da seguinte forma:

class Autenticidade < ActiveRecord::Base
  MAX_CREDITOS = 40
  has_many :matriculas
  has_many :disciplinas, :through => :matriculas
  validate :credito_alto?

  def credito_alto?
    total = disciplinas.inject(0) { |r, v| r += v.creditos }
    errors.add(:disciplinas, 'créditos acima do permitido') if total > MAX_CREDITOS
  end
end

class Matricula < ActiveRecord::Base
  belongs_to :disciplina
  belongs_to :autenticidade
end

class Disciplina < ActiveRecord::Base
end

Ok, o problema agora é o seguinte: Se eu crio uma autenticidade, com o parâmetro :disciplina_ids => [1, 2], por exemplo, e a autenticidade não é válida, nenhuma nova matrícula é criada – como deveria ser. Agora, se eu atualizo uma autenticidade, com o  autenticidade.update_attributes( :disciplina_ids => [1, 2]), e essa autenticidade não é válida, o ActiveRecord salva as matrículas. Nesse caso, eu tenho uma inconsistência na base de dados feia – e precisava encontrar uma alternativa que não envolvesse muitos hacks, coisa que ainda não encontrei. Mas isso me estimulou a pesquisar o DataMapper.

(more…)